Área de estudos Curso Normal

Fórum destinado para o debate e diálogo das alunas do curso normal do Colégio Regina Coeli
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Novo Tópico   Responder ao tópicoCompartilhe | 
 

 Como lidar com a sexualidade infantil?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Brenda Lemos
Convidado



MensagemAssunto: Como lidar com a sexualidade infantil?    Sex Jul 07, 2017 8:26 am

A sexualidade infantil sempre foi um desafio. Tanto para os pais quanto para os professores, lidar com o afloramento das crianças não é fácil.
Diariamente, situações carregadas de apelo sexual, são coibidas por pais ou professores mundo a fora, mesmo sem a criança entender. Desde os primórdios da civilização, a ordem social se impõe aos impulsos instintivos dos indivíduos. Portanto, educar uma criança sexualmente, significa ensinar-lhe, entre outras coisas, as regras sociais de convivência, sejam elas quais forem e renunciar aos desejos é parte do aprendizado social de uma criança, porém quem tem que decidir isto é ela e não o adulto que a observa. Mesmo assim, é importante, que o adulto lhes diga onde é quando é apropriado aceitar seus desejos, para não causar constrangimentos tanto para si quanto para os outros.
A evolução sexual da criança começa ainda quando bebê, na hora da amamentação. É ali que os hormônios e a libido entram em cena. Conforme cresce, o bebê amplia sua capacidade de percepção e começa a entender o mundo simbólico. Paralelamente, descobre o xixi e o coco. É nesta fase, que as áreas do corpo onde o bebê sente prazer despertem nele curiosidade. Entao, começa o afloramento e a criança vai começar a mexer nestas partes sempre que puder, principalmente quando começar a tirar a fralda. A partir daí, surge o momento de os professores e país começarem a lidar com a sexualidade de duas crianças.
Para lidar com a sexualidade infantil, é necessário tratá-la, acima de tudo, com naturalidade. Se para os adultos, a sexualidade já é um tema complexo, imagine para as crianças. Por isso, deve-se ter muita calma ao lidar com o assunto. A curiosidade de mexer na genitália é natural entre os bebês e deve ser encarada como tal. Até porque, pesquisadores costumam afirmar que curiosidade é sinal de inteligência. Os pais não devem se desesperar porque sua filha ou seu filho estão se masturbando. Mas também não precisam ficar passivos. No caso dos pequeninos, a melhor maneira de intervir é colocar uma roupinha neles ou levá-los ao banheiro para ver se querem fazer xixi ou cocô, sem alarde.
A medida que as crianças vão crescendo, sua relação com o mundo vai se expandindo e a curiosidade continua a mil por hora. Os pequenos começam a entender as diferenças entre meninos e meninas, já percebem algo estranho nas histórias sobre como nasceram, notam que o papai e a mamãe dormem juntos, querem entender melhor esse negócio de gravidez e sementinha e por aí vai. Precisamos entender que isto também é natural e pode ser uma excelente oportunidade para o início das conversas sobre sexualidade com um filho. Vale a pena falar sobre os estranhamentos, sem a necessidade de explicar detalhes. Apenas se diz o que a criança quer saber, nunca mais que isso. As noções gerais são mais que suficientes. Isso pode ajudar esse futuro adolescente a lidar melhor com sua própria sexualidade. Em busca do prazer, o menino gosta de deixar o pipi duro e a menina adora segurar o xixi ou cutucar a vagininha. Bater na mão da criança e dizer que isso é feio está longe de ser a melhor conduta. A criança se assusta e intuitivamente repele de sua vida a busca por esse tipo de sensação. Além disso, o assunto vira algo proibido e dá margem para tabus e preconceitos no futuro. Levar a criança para o banheiro para fazer xixi ou cocô ainda é a melhor maneira de mostrar que lá é o lugar de mexer nas partes íntimas e também de desviar o foco de atenção. Quando volta do banheiro, ela se esquece de se tocar. Agora, se o pequeno insiste em se masturbar na frente de todos, mesmo que não saiba exatamente o que está fazendo, ele precisa saber que o papai e a mamãe vão ficar tristes se continuar, de preferência com uma conversa mais séria, que faça a criança também pensar, e não simplesmente obedecer. É importante que esta conversa seja feita particularmente e não na frente dos colegas.Já que a criança não poderá extravasar todo o seu prazer pelo corpo, é importante dar a ela opções. Só assim estaremos lidando corretamente com a sexualidade da criança, sem reprimi-la e/ou deixando-a sem explicações.
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Como lidar com a sexualidade infantil?
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Como lidar com templates
» 4 periodo pedagogia av1 av2 organizaçao e didatica na educaçao infantil
» [Vídeo Tutorial] Como Trabalhar Com Cores no Illustrator
» [PEIDO] Como subir arquivos no 4Shared/Mediafire
» Como anda a tela do seu PC?

Permissão deste fórum:Você pode responder aos tópicos neste fórum
Área de estudos Curso Normal :: Sua primeira categoria :: Seu primeiro fórum-
Novo Tópico   Responder ao tópicoIr para: